Branda da Aveleira
Aldeia Turistica

  • Alojamento e Turismo rural em Melgaço
  • Casas de campo
  • Serra da Peneda-Gerês, onde a natureza é rainha.

Uma montanha de emoções

Casa da Fonte

 

CARATERÍSTICAS

Capacidade: para 2 pessoas em quarto de casal

Equipamentos:

Com 1 quarto de casal, Sala de estar (Sofá), Cozinha (Lareira, Fogão, Frigorífico, Micro-ondas, Torradeira, maquina de café, Loiça e utensílios de cozinha), 1 casa de banho

Espaço exterior privado, alpendre, Barbecue.

Inclui roupas de cama e banho. Aquecimento eléctrico em toda a casa. Serão disponibilizados produtos para preparação do pequeno-almoço. Os animais de estimação são bem-vindos.

 

CONTATOS:

 
 

Proprietário:

Aida da Anunciação Domingues
Agostinho Esteves

Morada:

Cx. correio 109
Sobreira - Gave
4960-160 Melgaço

Telefone:

251487188 / 934483675

Email:

casadafontedopoulo@hotmail.com

NIB:

BPI: 0010-0000-1586-2486-4011-7

RESERVA:

Em fins-de-semana prolongados, Carnaval, Páscoa e Passagem de Ano, a reserva terá que ser efectuada pelo mínimo de 3 noites.

 
 
 

* A RESERVA APENAS SERÁ VÁLIDA APÓS VERIFICAÇÃO DA DISPONIBILIDADE DOS ALOJAMENTOS E VALIDAÇÃO DA MESMA!

* Em fins-de-semana prolongados, Carnaval, Páscoa e Passagem de Ano, a reserva terá que ser efectuada pelo mínimo de 3 noites.

Preços por noite:

Pessoas Noites Preço
2160.00 €
22 ou mais55.00 €

Cama extra: 15 €/noite/por pessoa

Preço para uso exclusivo da Casa.

NIB para pagamento: BPI: 0010-0000-1586-2486-4011-7

 

ASPETOS GERAIS:

Tem cobertura de TDT

Já passaram várias décadas e a Branda da Aveleira, cada vez é mais bela. O Homem antes de ser Brandeiro teve de conquistar a terra selvagem, ocorrendo a grande conquista no princípio do século passado.

A Branda foi construída nos locais mais férteis, onde abundava grandes nascentes de água, que a Natureza tão amigavelmente nos deixou.

Os nossos familiares, Homens de trabalho e de visão, construíram pequenas cardenhas, que foram passando de geração em geração, até que na Branda, no final do século XX, se deu a “revolução” deste local para o turismo.

A “Casa da Fonte” integra o lote pioneiro desse novo olhar sobre as potencialidades da Branda. O seu nome está associado à existência de uma fonte ao lado do empreendimento. A fonte, no fim do século XIX não passava de uma simples nascente serrana, mas quando os primeiros Brandeiros se fixam durante o verão na Branda da Aveleira,“exploraram-na” a seu favor, construindo posteriormente uma fonte em xisto. “Nesta nova fonte” enchiam os “cabaços”, que param além de servirem para transportar o leite dos seus animais (para os outros membros família que morava na freguesia da Gave), davam também para ir à fonte, proporcionando-lhes uma vida mais confortável dentro das suas cardenhas. Como a fonte está localizada num “poulo” (terreno plano com erva), ainda hoje é conhecida como a “Fonte do Poulo”.

O Brandeiro sempre construiu as suas habitações (cardenhas) muito próximo desses locais, e como esta casa é a que está mais próxima dessa fonte pública, passou a denominar-se “Casa da Fonte”.